amrc

Família, Não tenhais medo!

É difícil a vida em família nos dias atuais? São João Paulo II durante dia viagem apostólica a Angola e São Tomé e Príncipe em 1992 deixou uma mensagem que até os dias de hoje encoraja casais, pais e filhos. Aqui estão alguns trechos.

“Reine em vossos corações a paz de Cristo, à qual fostes chamados, em um só corpo, e mostrai-vos agradecidos” (Cl 3, 15).

Peça sua Medalha e Novena da Sagrada Família e receba em sua casa!

Meus caros irmãos e irmãs em Cristo, Estimadas famílias (…), queridos meninos e meninas, (…) a família é altamente considerada e o casamento foi sempre concebido como algo de muito importante. A evangelização veio, sem dúvida, completar tais bens com a graça de Cristo Redentor, ao elevar o matrimônio a sacramento, e a família a “santuário doméstico da Igreja” (Apostolicam Actuositatem, 11). Porém, influências estranhas e os acontecimentos dos últimos anos vieram causar males enormes ao casamento e às famílias.

Por outro lado, os valores familiares foram postos à prova por ideias e costumes vindos de fora, os quais propunham desviar o amor entre o homem e a mulher do seu verdadeiro sentido, em prejuízo da sua dimensão de comunidade duradoura de vida e de amor.

Queridos “casados”, não tenhais medo de ser “sinal de contradição”, à semelhança de Cristo, neste mundo que tudo quer permitir e só pensa em gozar; e assim às vezes “rejeita a indissolubilidade matrimonial e ridiculariza abertamente o empenho de fidelidade dos esposos” (Familiaris Consortio, 20). Ora pensar só no corpo do outro ou na utilidade que a sua pessoa possa ter, não é amor; é egoísmo e exploração. O amor é querer bem à pessoa do outro, mais do que a si próprio; interessar-se pela pessoa do outro e querer partilhar com ela o peso e as alegrias da vida.

A família possui um bem que lhe é próprio; os filhos. Ela tem como tarefa fundamental o serviço da vida: é o seu berço e primeira escola. (…) Meus irmãos e amigos, rejeitai de maneira resoluta, com a vossa palavra e com o vosso exemplo, a propaganda enganadora a favor do aborto; rejeitai a destruição criminosa de pessoas inocentes e indefesas. Jovens que vos preparais para a vida, respeitai sempre a maternidade! Recordai o que nos conta o Evangelho (Cfr. Lc 1, 41. 44), quando Jesus quis ser reconhecido por João Baptista, ainda antes de nascer; João Baptista alegrou-se e saltou de contentamento perante a presença de Cristo no seio virginal de Maria!

A defesa da vida estende-se por toda a duração da mesma, desde o instante da concepção até ao seu termo natural. Assim a educação é também defesa da vida, e o núcleo familiar deverá funcionar como transmissor fiel dos valores humanos e da fé cristã. Na verdade, “os pais, que transmitiram a vida aos filhos, têm uma gravíssima obrigação de os educar e, por isso, devem ser reconhecidos como seus primeiros e principais educadores. 

Levantai os olhos para a Sagrada Família de Nazaré! Vede o estilo de vida oculta, que o Filho de Deus feito homem levava junto de Maria e de José. Diz o Evangelho: “desceu com eles, voltou para Nazaré e era-lhes submisso. Sua Mãe guardava todas estas coisas no seu coração. E Jesus crescia em sabedoria, em estatura e em graça, diante de Deus e dos homens” (Lc 2, 51-52). Que a Sagrada Família vos conceda esta profunda maturidade humana e cristã. Condição necessária para tal, é que o vosso lar seja um lugar privilegiado de oração e de catequese viva, que faça crescer os filhos na sua vocação sobrenatural e os forme para os valores dignos do homem e da mulher.

À Sagrada Família, eu consagro todos os corações e todos os lares (…), com os seus propósitos de fidelidade e de renovação. Obrigado, (…) porque também vós quereis ser mensageiras da vida! Abri de par em par as portas do vosso lar a Cristo!

Ao terminar, deixo-vos a exortação do apóstolo São Paulo: “Tudo o que fizerdes por palavras ou por obras, seja tudo em nome do Senhor Jesus, dando graças por Ele, a Deus Pai” (Cl 3, 17). Assim seja!

 

Fonte:

http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/homilies/1992/documents/hf_jp-ii_hom_19920605_lubango-angola.html

 

Gostou do texto? Cadastre-se para receber novas publicações

Share on facebook
Share on twitter