fbpx
Sua Doação | Boleto | Carnê Digital

Nossa Senhora Aparecida

Nossa Senhora Aparecida. A Mãe de Deus quis aparecer nestas nossas terras…

“Essa terra, senhor, é dadivosa e boa, nela em se plantando, tudo dá”! Assim escrevia Pero Vaz de Caminha ao rei de Portugal ao ter o seu primeiro contato com esta terra de Santa Cruz.

Brasil, terra que encanta a todos que por aqui passam. O azul do céu, a placidez do mar, o verde das matas, o canto dos pássaros, a brisa do Atlântico, os frutos diversos em cores e sabores, enfim, gigante pela própria natureza, terra dourada!

Receba em sua casa a Medalha de Nossa Senhora Aparecida mais a Novena. Clique aqui.

Contudo, ao logo do tempo percebemos que não só os frutos materiais foram se desenvolvendo, mas sobretudo os frutos espirituais, que com o meritório trabalho missionário da Companhia de Jesus foi se multiplicando gradativamente.

Entretanto, Deus por intermédio de sua mãe Santíssima, ainda teria muitos planos para este nosso tão imenso Brasil.

História

Corria o ano de 1717 quando os pescadores João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia lançavam em vão suas redes para obter peixe para o banquete que a Vila de Santo Antônio de Guaratinguetá iria oferecer a Dom Pedro de Almeida e Portugal, o Conde de Assumar, então Governador da Província de São Paulo e Minas Gerais que visitava a região.

Preocupados com as frustradas tentativas de pesca acabam por apanhar um objeto diferente dentro rio. Era o corpo de uma figura que representava Nossa Senhora. Mais uma vez lançam as redes e por fim “pescam” a cabeça da imagem.

Será isso um sinal de Deus? Católicos zelosos que eram, guardaram na canoa o precioso achado, e continuaram lançando as redes. Logo sucedeu algo inesperado: a canoa se encheu de tantos peixes que quase afundou! Os bons ribeirinhos logo atribuíram essa pesca milagrosa à presença da imagem de Nossa Senhora da Conceição, em boa hora aparecida no rio Paraíba do Sul, na altura do Porto de Itaguaçu.

OS pescadores, deixaram os pedaços da estátua com a esposa de Domingos Silvana da Rocha Alves, que era irmã de Felipe e mãe de João. Ela foi a responsável por unir as duas partes com cera. Foi ela também a primeira que colocou a imagem em um pequeno altar doméstico para a veneração dos fiéis.

Assim começa a história de nossa padroeira: Nossa Senhora da Conceição Aparecida!

Receba em sua casa a Medalha de Nossa Senhora Aparecida mais a Novena. Clique aqui.

Expansão da devoção

Entre os anos 1717 e 1732, a pequena imagem de Nossa Senhora “APARECIDA” nas águas peregrinou pelas regiões de Ribeirão do Sá, Ponte Alta e Itaguaçu. Por volta de 1732, Felipe Pedroso entregou a imagem a seu filho Atanásio Pedroso, foi ele o responsável por construí o primeiro oratório público.

A devoção cresceu rapidamente por toda a região até que em 1740 o vigário de Guaratinguetá, padre José Alves Vilela, juntamente com alguns fiéis, construíram uma pequena capela onde reza do santo Rosário e entoavam as ladainhas, mas sem ainda celebrarem a Santa Missa.

Foi apenas em 1743, que o Pe. Vilela organizou um relatório com todos os milagres obtidos por intercessão de Nossa Senhora Aparecida e enviou ao Bispo do Rio Janeiro. Dom Frei João da Cruz, bispo de então, aprovou no dia 5 de outubro daquele ano o culto e a construção da primeira igreja em louvor à imagem que ficou conhecida como Mãe Aparecida.

Em 1744 a igreja foi construída. Como local escolheram o Morro dos Coqueiros, atual colina onde está localizado o centro da cidade de Aparecida, em terra doada no dia 6 de maio de 1744 pela viúva Margarida Nunes Rangel.

Receba em sua casa a Medalha de Nossa Senhora Aparecida mais a Novena. Clique aqui.

Oração

Ó Virgem Aparecida, esperança do povo brasileiro, Mãe amorosa que sempre ouve o clamor deste povo. Que as montanhas, os rios e as matas, tudo que Deus colocou neste país cantem agradecidos o amor que a Mãe de Deus tem pelo Brasil. Que cada brasileiro no dia de hoje possa sentir-se protegido e guardado debaixo de vosso manto santo. Afugentai desta nação, tão amada por Vós, os perigos, as crises, a incerteza de um futuro seguro. Clamamos a Vós, Mãe Aparecida, que o Brasil seja de fato, a Terra de Santa Cruz amada por Deus, protegida pelos Anjos e guardada pela Mãe Aparecida, Rainha do Brasil.

Ó sol sem mácula, Virgem Maria, saúde e esperança dos doentes e necessitados, valei-me em todas as enfermidades e tribulações, alcançando-me plena conformidade com os admiráveis desígnios de Deus. Curai os enfermos de corpo e de alma. Sede para eles o remédio das doenças e o conforto das dores. Lavai a ferida física dos corpos e a ferida da alma causada pelo pecado. Obtende-me também para mim e para todos pelos quais rezo nesta novena, a cura das paixões desordenadas, fraquezas, faltas e pecados, e protegei-nos contra as tentações do inimigo da nossa salvação. Acima de tudo, curai meu coração da doença da desconfiança em vosso amor e fazei-me nunca mais duvidar de que sempre estais comigo. Amém.


Ajude-nos a continuar nosso trabalho de evangelização das famílias brasileiras.

Uma família bem constituída é uma base sólida para uma sociedade próspera!